Espetáculo com a Sinfônica de Ribeirão e artistas da cidade encanta o público

Com a renda em prol da Orquestra, o concerto inédito homenageou os 162 anos de Ribeirão Preto levando canções autorais e releituras de músicas conhecidas, no Theatro Pedro II

O concerto “Ribeirão 162 anos – música da nossa terra” foi simplesmente um espetáculo em comemoração ao aniversário da cidade ribeirão-pretana. A Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto e músicos da cidade realizaram uma grande mistura de estilos no palco do Theatro Pedro II.

Entre os músicos que se apresentaram com a Orquestra Sinfônica estiveram: o compositor Evandro Navarro com “Estrela do Poema”, música que é pura sensibilidade. Também composta por Navarro, “Duas Palavrinhas” foi interpretada pela cantora Alessandra Freire. Outro talento, Dimi Zumquê, cantou “Tão Longe do Mar”, feita por ele, e ainda mostrou, pela primeira vez, a música “A Cidade e Eu” composta em homenagem a Ribeirão Preto. Verônica Ferriani interpretou sua composição “É só o Amor”. A MPB ainda contou com a voz de Bia Mestriner interpretando releituras de canções conhecidas do grande público. A representante do sertanejo foi a cantora Gabi Fernandes.

O grupo Rod Hanna viajou até os anos 70 e ainda tocou sua mais recente música de trabalho, “Let’s Go Crazy”, sucesso nas rádios. Os Kilotones representaram o Rock com sua música “Confiante” e o PlayVinil levou “Chuva” em forma de canção numa balada de estilo Pop. O Grupo Sambô chegou com seu jeito, cheio de surpresas, e também mostrou a música “Simples Desejo” composta pelo ribeirão-pretano Daniel Carlomagno.

Representando a música instrumental, Robson Ribeiro apresentou sua composição “Acolhimento” e o duo “Gilda Montans” e Meire Genaro tocou “Folcloreando”, também autoral.

A Sinfônica de Ribeirão apresentou clássicos brasileiros como “Trenzinho Caipira”, de Heitor Villa Lobos, e o frevo “Suíte Pernambucana”, de Guerra Peixe.

“Foi uma noite importante para a cultura de Ribeirão Preto. É o primeiro de outros espetáculos que virão reunindo a Sinfônica e os talentos da nossa cidade. Agradecemos o engajamento de todos os artistas nessa causa em prol da Orquestra que segue firme rumo ao centenário”, afirma o maestro Reginaldo Nascimento.

No final do evento os “Talentos da cidade” e a “Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto” se uniram ao público presente para cantar o tradicional “Parabéns” para a cidade ribeirão-pretana.

Autor

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: