Confira dicas para economizar na conta de luz

A conta de energia elétrica passou a ficar mais cara, a partir do dia 1º de julho, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) decidiu aumentar em 52% o valor da bandeira vermelha 2, o patamar mais caro, a taxa passa de R$ 6,243 por 100 kWh consumidos para R$ 9,49 por 100 kWh.

Pensando em maneiras eficientes para diminuir os gastos, reunimos dicas de especialistas para ajudar a economizar e não pesar no bolso. A arquiteta Millena Miranda relata algumas soluções práticas e importantes para evitar o consumo alto de energia. Já o engenheiro civil Pedro Pugliese, da Help Reforma e Construção, também ensina alguns truques simples que vão ajudar a diminuir a conta de luz. Confira!

Apague a luz

Apague as luzes quando não tiver ninguém no cômodo, desligue o interruptor após sair do local, a luz ligada à toa gera o gasto desnecessário.

 

Luz natural

Deixe as portas e janelas abertas o máximo de tempo que conseguir para que o cômodo receba a claridade da luz natural, se o ambiente tiver cores claras é ainda melhor.

 

Tire da tomada

Tire da tomada os aparelhos que já carregaram a bateria como notebooks e celulares, além de danificar o aparelho, fica consumindo energia desnecessariamente.

 

Standy By

Desligue todos os aparelhos que ficam em standy by, esses eletrônicos costumam consumir 12% de energia mesmo sem uso, por exemplo: a TV mesmo desligada consome energia, o ideal é retirar o aparelho da tomada.

 

Planeje a iluminação

Organize a iluminação da sua casa de maneira estratégica para que não precise ligar várias lâmpadas ao mesmo tempo.

Cozimento de alimentos

Busque preparar alimentos que sejam rápidos para cozinhar ou que não precise utilizar os eletrônicos como batedeira, liquidificador etc. Ainda na cozinha, verifique a borracha da geladeira, se estiver frouxa está consumindo mais energia do que deveria.

 

Ambientes mais claros

Na hora da construção pense em ambientes que vão receber a luz externa, com janelas maiores e portas com bastante vidro, fazendo com que a luz do sol entre durante todo o dia. Economizando assim na luz artificial.

 

Cores mais claras

A escolha da tinta também pode ser um diferencial na hora de economizar. Por exemplo, uma sala com as paredes brancas ou com tons claros faz com que o local não precise de luz artificial o tempo todo.

 

Lâmpada de baixo consumo

As lâmpadas de LED podem ser mais caras, porém consomem menos energia. É um custo benefício válido.

Sensores de presença

Outra dica bastante importante para quem tem condições é utilizar sensores de presença em alguns ambientes específicos, assim, mesmo que esqueça de apagar as luzes, elas se apagarão sozinhas.

 

Pense na disposição dos eletroeletrônicos

Você pode não saber, mas o modo de uso dos aparelhos eletrônicos e até mesmo a posição deles dentro de casa podem aumentar o consumo de energia. No caso de geladeira ou freezer, deixe-os em local arejado. Se o sol incidir diretamente, tenha certeza de que o consumo de luz também será maior”.

 

Hora da manutenção

Por fim, fiação elétrica antiga contribui para o maior consumo de energia. Mantenha-a sempre nova.

 

Ambientes bem ventilados

Portas e janelas amplas permitem que o ambiente fique mais ventilado o que ajuda a diminuir a necessidade do ar-condicionado.

 

Persianas

Outro truque é o uso de persianas. Elas vão ajudar a reter o calor e assim também ajudam a diminuir o uso do ar-condicionado.

Da Redação

A equipe Intertv Web traz para você as informações e notícias precisas que você precisa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: