Fanplay, o app que promete revolucionar o mercado de entretenimento musical

Uma plataforma que não será somente um portal para músicas de todos os gêneros, ou mais uma rede social. Trata-se de uma proposta completa que irá revolucionar o comportamento do setor

Não é de hoje que notamos o sucessivo crescimento de apps, invadindo as telinhas dos nossos tablets e smartphones. Em uma conversa com a Sarah Gomes, diretora de Marketing da empresa fanplay Technology, soubemos de mais uma grande novidade.

 

fanplay

Os fãs que se preparem, pois segundo a Sarah, a maior plataforma de entretenimento musical e engajamento entre fãs e ídolos, estará disponível para lançamento no Brasil, durante o 1º trimestre de 2018. O app foi desenvolvido para 3 plataformas: “Web, iOS e Android”. Será gratuito tanto para os artistas, quanto para os fãs.

O idealizador do projeto, Roberto P. Santos, atual CEO/Founder da fanplay, empreendedor e apaixonado por vários gêneros musicais, vinha desde 2015 pesquisando e acompanhando as mudanças e reações deste mercado, e notou que as gravadoras e músicos estavam tendo que reinventar-se, buscando na área digital, alternativas para seu futuro, pois já não havia mais o mesmo espaço e público para as músicas gravadas (CD’s, DVD’s), e os formatos digitais como streaming on demand ou interativo, monetizado através de subscrições mensais, passava a ser o formato que mais estava influenciando no desempenho deste mercado.

 

fanplay app

Segundo pesquisas, o crescimento apurado no primeiro semestre de 2016, foi superior a 120% em relação ao mesmo período do ano anterior. Roberto Santos percebeu que plataformas como YouTube, Spotify, Deezer, Facebook, entre outras, eram essenciais para os músicos (lembrando que muitos nomes do cenário artístico atual, iniciaram seus sucessos por meio de vídeos amadores), mas também percebeu que isso somente não bastava, precisava mais… Precisava haver uma motivação ainda maior para o engajamento e fidelização entre fãs e ídolos, principalmente numa época onde o acesso às práticas de pirataria está ao alcance de um simples “click”.

Foi daí que surgiu a ideia de criar a fanplay. Uma plataforma que não será somente um portal para músicas de todos os gêneros, ou mais uma rede social. Trata-se de uma proposta completa que irá revolucionar o comportamento do setor.

“Queremos transformar o músico em empreendedor, protagonista do seu próprio negócio e não só o intérprete da sua carreira”, comenta o CEO/Founder da fanplay.

A aposta neste sucesso, deve-se ao equilíbrio existente entre o papel do artista e o papel da fanplay neste novo processo. Nela o artista trabalhará de forma mais livre e autônoma, preocupando-se somente em realizar o que faz de melhor que é “tocar e cantar”.  A empresa preocupou-se em inserir em seu App, ferramentas para aplicação de métricas de retenção e aumento da base de fãs, apostando em um percentual mínimo de “churn rate” (taxa de evasão ou rotação de clientes).

Para que tudo isso funcione de forma síncrona, a empresa não poupou esforços em desenvolver funcionalidades que irão permitir total entretenimento através de posts, quizzes, estratégias de gamifications, transmissões por streaming, inclusive em formato 360º, recompensas por níveis de categorias atingidas através da fidelidade e dedicação do fã, premiações, acessos a conteúdos exclusivos e o mais importante: através da promoção de uma real experiência de interação entre o ídolo e seus fãs, a exemplo do “meet & greet” entre muitas outras surpresas.

Para já ir se familiarizando com essa nova plataforma você pode acessar o site www.fanplay.com.br ou ainda o Instagram: www.instagram.com/fanplayworld.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: