Volto amanhã…

Quando de novo me disser:

“Volto amanhã” poderá até voltar,

mas, com certeza, meu bem

aqui não vai me encontrar.

 

Tantas vezes essas palavras

de sua boca ouvi,

e tantas vezes, inutilmente,

eu o esperei aqui.

 

Seu “Volto amanhã”, pra mim

não tem mais o mesmo sentido

e também pouco me importa

se me disser que o agrido

 

O seu “Volto amanhã”

nunca mais quero escutar.

e outra pessoa, certamente,

ocupará seu lugar.

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: