Covid-19 e o câncer de mama

Quem está fazendo quimioterapia ou radioterapia precisa evitar sair de casa o máximo possível.

Cardiopatas, diabéticos, hipertensos e pacientes com câncer precisam ter maior atenção para as medidas preventivas recomendadas pelas autoridades sanitárias contra o novo coronavírus. São pacientes com possibilidades de menor imunidade, ou seja, defesas do próprio corpo diminuídas.

O câncer é uma doença que abala o sistema imunológico dos pacientes, principalmente naqueles em tratamento com quimioterapia, medicamentos para combater as células cancerígenas. Quem está fazendo quimioterapia ou radioterapia precisa evitar sair de casa o máximo possível. O câncer e parte de seu tratamento podem levar a uma anemia ou a uma leucopenia (baixo nível de glóbulos brancos no sangue), podendo interferir na capacidade de combater infecções.

Foto: Divulgação

Seguem abaixo as principais recomendações da Sociedade Brasileira de Mastologia:

– Primeiro passo é: evite o pânico, basta seguir as recomendações e já diminui o risco.

– Evite beijo, abraço e aperto de mão. É preciso mudar esse hábito por um ano. Todos vão entender a necessidade de cumprimentar apenas com um sorriso à distância.

– Evite visitar idosos acima de 60 anos, um dos principais grupos de risco.

– Lave sempre as mãos e procure não tocar o rosto. Lave frequentemente, esfregando água e sabão por um tempo maior, esfregue a palma da mão e as unhas, feche a torneira e abra a maçaneta com um pedaço de papel.

– Higienize também as mãos com álcool gel 70%.

– Cubra o rosto quando tossir. Dê preferência usando os ombros ou braços.

– Evite aglomerações. Se puder permaneça em casa, evite locais fechados, com muitas pessoas. Prefira fazer home-office.

– No caso de sintomas que lembre uma gripe é preciso procurar atendimento médico para uma avaliação mais detalhada.

– Algumas iniciativas também ajudam a melhorar a imunidade como se alimentar bem e de forma saudável, dormir bem de 7 a 8 horas por noite, praticar exercícios físicos leves ou moderados de forma regular, ter o peso adequado, evitar o estresse e não consumir bebidas alcoólicas.

Foto: Agência do Senado Federal

Importante

Pacientes que estejam em estágios iniciais, ou seja, início do tratamento e aquelas que possam necessitar de tratamento cirúrgico, devem ficar tranquilas. Tratamentos cirúrgicos oncológicos estão sendo realizados normalmente pela maioria dos hospitais. Lembro que nos ambientes hospitalares os profissionais são treinados e seguem medidas rígidas de segurança, portanto sem prejuízo ao seu tratamento.

Mulheres que já passaram pelo câncer de mama e encerraram o tratamento ou estejam passando pelo tratamento de hormonioterapia são consideradas com saúde normal e devem seguir as mesmas orientações de prevenção da população em geral.

Cuidem-se!

Gustavo Zucca

Mastologista, pós-doutorado pela Unesp, especialista em oncoplastia e cirurgia reconstrutora da mama pelo Instituto Europeu de Oncologia – Milão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: