Confira o que acontece no agronegócio

O que acontece durante a semana no agronegócio você acompanha aqui na Intertv Web.

O colunista Gustavo Batista traz toda semana na coluna “Agro Minuto”, o que aconteceu na semana no mundo do agronegócio. Acompanhem!

SAFRA CANA

Atualização da safra de cana 2020/2021 aponta moagem até a primeira quinzena de junho de 186,57 milhões de toneladas – crescimento de 8,77% no comparativo com o mesmo período do último ciclo agrícola. Agora 251 usinas estão em funcionamento, e mais 8 devem iniciar na segunda quinzena do mês.

O acumulado da produção de açúcar alcançou 10,57 milhões de toneladas, contra 6,72 milhões de toneladas em 2019 (+36%) e a fabricação acumulada de etanol totalizou 8,04 bilhões de litros. Do total fabricado, 417,30 milhões de litros do biocombustível foram produzidos a partir do milho.

EXPORTAÇÃO AÇÚCAR SÃO SEBASTIÃO

O porto de São Sebastião em São Paulo voltou em maio a exportar açúcar. Foram embarcadas 15 mil toneladas com destino à Gâmbia, na África. Para o ano todo, a expectativa de operação é de 250 mil toneladas de açúcar ensacado e 250 mil toneladas a granel.

A safra da cana teve um crescimento de 8,77% no comparativo com o mesmo período do último ciclo agrícola
Foto: Jornal do Comércio

EXPORTAÇÕES CAFÉ

As vendas internacionais de café pelo Brasil nos primeiros cinco meses de 2020 atingiram 16,57 milhões de sacas de 60 quilos com preço médio de US$ 133,06. E 81% do que foi comercializado é de grão verde do tipo arábica. Os principais destinos são Estados Unidos, Alemanha e Bélgica.

EXPORTAÇÕES SÃO PAULO

O Agronegócio paulista teve aumento nas exportações (+8,1%) entre janeiro e maio, alcançando US$ 6,51 bilhões, e queda nas importações (-9,1%), totalizando US$ 1,89 bilhão. Resultado: superávit de US$4,62 bilhões, (+17,3%) quando comparado ao mesmo período de 2019.

Os cinco principais grupos comercializados foram: complexo sucroalcooleiro, seguido do grupo de complexo de soja, do setor de carnes, de produtos florestais e dos sucos. Esses cinco setores juntos representaram 76,8% das vendas externas setoriais paulistas.

O Agronegócio paulista teve aumento nas exportações (+8,1%) entre janeiro e maio
Foto: Aplas

AGROÍNTEGRO

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento criou o Cadastro Agroíntegro para reconhecer empresas e cooperativas agropecuárias que implementem práticas de integridade, ética e transparência. Para ter o nome cadastrado no banco de dados, as empresas deverão assinar um Termo de Compromisso com a Ética e a Integridade e demonstrar ações efetivas de curto e médio prazo com este propósito.

POTENCIAL CARNE BOVINA

Estudo inédito da Embrapa aponta que as tendências para a cadeia de carne bovina do país vão exigir melhor gestão do negócio, digitalização e intensificação produtiva por parte dos pecuaristas para que seja alcançado o potencial de incremento de 23% da produção nos próximos oito anos, passando de 9,9 para 12,1 milhões de toneladas.

As mudanças mais profundas no segmento serão puxadas pelo aumento das exportações, sobretudo para atender à demanda crescente da Ásia, e pela maior exigência de qualidade por parte dos consumidores em geral.

Apesar de promissora, a projeção de o país se consolidar como líder global nesse mercado pode excluir da atividade quase metade dos 1,3 milhão de pecuaristas hoje em atividade. Até 2040, o número é ainda maior. Metade dos criadores devem sair do mercado.

Estudo inédito da Embrapa aponta que as tendências para a cadeia de carne bovina do país vão exigir melhor gestão do negócio
Foto: Divulgação

PREÇO ARROBA BOVINA

A arroba bovina segue firme no mercado doméstico. Depois de permanecer próximo de R$ 200 durante quase todo o primeiro semestre, o indicador registrou alta de 7%, e chegou a ficar perto de R$ 220 nesta semana no estado de São Paulo. Levantamento é do centro de pesquisas da USP.

COLHEITA BATATA

O preço da batata ágata tipo especial caiu pela intensificação da safra de inverno. O valor da saca de 50 kg foi de R$ 178,44 na capital paulista, queda de 9,48% frente à semana anterior. A expectativa é de maior desvalorização nas próximas semanas pelo maior volume de colheita.

O preço da batata ágata tipo especial caiu pela intensificação da safra de inverno
Foto: MF Rural

Gustavo Batista

Gustavo Batista é jornalista há 20 anos com pós-graduação em gestão de comunicação. Tem experiência em rádio, tv, assessoria de imprensa e meios digitais. Já atuou em canais de tv como TV Clube, TV Record e TV Thathi. Atua há 10 anos no setor de Agronegócio.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: