Confira o que acontece no agronegócio

O que acontece durante a semana no agronegócio você acompanha aqui na Intertv Web.

O colunista Gustavo Batista traz toda semana na coluna “Agro Minuto”, o que aconteceu na semana no mundo do agronegócio. Acompanhem!

BLOQUEIO SOJA DESMATAMENTO

Supermercados da França anunciaram nesta semana bloqueio a soja brasileira ligada ao desmatamento. O objetivo da medida é proteger o Cerrado. Entre as redes que anunciaram as medidas estão: Carrefour, Casino, Auchan, Lidl, Système U, Mousquetaires e Leclerc. A regra passa a valer a partir de janeiro.

REGULAMENTAÇÃO PRODUTOS ARTESANAIS

Nesta semana foi cumprida mais uma etapa para a implantação do “Selo Arte”. Foram divulgadas as regras para produtos cárneos artesanais. A identificação que é concedida pelos estados permite a venda de produtos artesanais entre os estados. Esta última medida vai beneficiar por exemplo carne de sol, linguiças e defumados.

Os produtores rurais de animais destinados ao abate para fabricação de produtos cárneos artesanais devem comprovar o atendimento às Boas Práticas Agropecuárias, sendo que o abate dos animais ou a matéria prima utilizada deve ter origem em abatedouros ou frigoríficos com inspeção oficial.

Os derivados de leite já foram beneficiados pelo selo. Depois dos cárneos, as próximas etapas vão atender pescados e mel.

Nesta semana foi cumprida mais uma etapa para a implantação do “Selo Arte” para produtos artesanais
Foto: Divulgação

CAFÉ REGIÃO VULCÂNICA

Foi divulgada nesta semana a marca Região Vulcânica. A nova marca coletiva de cafés tem como objetivo o fortalecimento e a valorização de Poços de Caldas e mais 11 cidades (Andradas, Bandeira do Sul, Botelhos, Cabo Verde, Caldas, Campestre, Ibitiúra de Minas no estado de Minas Gerais e Águas da Prata, Caconde, Divinolândia e São Sebastião da Grama no estado de São Paulo). O programa beneficiará 7 mil produtores rurais.

O local é uma formação rochosa advinda de um vulcão há muito tempo extinto que resultou em cadeias de montanhas com altitudes que chegam a 1500 metros. Além disso, A região tem características privilegiadas de solo e clima que também favorecem o cultivo de cafés especiais.

A expectativa é que em breve o programa possa ser ampliado para outros segmentos como doce, queijo, turismo, etc, gerando uma cadeia de valor ainda maior.

PLANTIO SAFRA 2020/2021

O índice de plantio da soja já chega a 69,5% na segunda semana de novembro contra 65,3% registrado no mesmo período do ano passado. Apesar do cultivo ter atrasado devido às condições climáticas não favoráveis, o ritmo da semeadura foi recuperado com o início das chuvas.

Para o arroz, o avanço é registrado nos dois principais estados produtores do país. Se em Santa Catarina já ultrapassa o percentual de 95% do produto, no Rio Grande do Sul cerca de 85% da área está com o plantio realizado. Contrário do que se verifica em Tocantins e em Goiás. Nos dois estados, a semeadura está atrasada.

Foi divulgada nesta semana a marca Região Vulcânica. A nova marca coletiva de cafés tem como objetivo o fortalecimento e a valorização de Poços de Caldas e mais 11 cidades
Foto: Divulgação

PREÇO LEITE

O preço do leite no campo deve fechar em queda em novembro, interrompendo movimento de alta desde junho. A desvalorização do leite captado em outubro e recebido por produtores em novembro pode ficar entre 5% e 7% quando comparado ao mês anterior.

IMPORTAÇÃO LEITE

Depois de cinco meses consecutivos de aumento nas importações de lácteos, em outubro, o total adquirido pelo Brasil recuou 3,5% frente ao mês anterior, com volume de 22,3 mil toneladas. O dólar valorizado (média de R$ 5,63 em outubro) e os consequentes patamares elevados das cotações no mercado externo levaram importadores a reduzirem as aquisições.

CUSTOS LEITE

Os custos de produção da atividade leiteira subiram 3,18% entre setembro e outubro na “média Brasil. O avanço no ano já chega a 13,24%. A valorização do concentrado continua sendo o principal impulso aos custos, além da suplementação mineral.

A produção de leite tem diminuído nos últimos dois meses
Foto: Dicas Boi Saúde

LIBERAÇÃO FUNCAÉ

O Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) atingiu volume de repasse nas linhas de crédito aos agentes financeiros superior a R$ 3,5 bilhões, representando 61% da programação inicial de R$ 5,7 bilhões da safra 2020/2021.

CONSUMO CAFÉ

O consumo mundial de café para o ano-cafeeiro 2019-2020 está estimado em 167,59 milhões de sacas, uma redução de 0,9% em relação ao que foi consumido em 2018-2019. A produção mundial de café no ano-cafeeiro 2019-2020 está estimada em 168,84 milhões de sacas de 60kg, volume 2,5% menor do que em 2018-2019.

A produção de café arábica é responsável por 57% da produção mundial, com 96,05 milhões de sacas neste ano-cafeeiro 2019-2020, volume que demonstra uma redução de 5% em relação ao período anterior. E o volume produzido de café robusta, que corresponde a 43% da produção mundial, aumentou 1,1%, atingindo 72,78 milhões de sacas.

A produção de café arábica é responsável por 57% da produção mundial, com 96,05 milhões de sacas neste ano-cafeeiro 2019-2020
Foto: AgroemDia

EXPORTAÇÃO FRUTA

As exportações de frutas nos dez primeiros meses de 2020 surpreenderam com o terceiro maior volume desde 1997, totalizando 730 mil toneladas. Manga, melão, melancia e uva responderam por mais de 85% do comércio em outubro.

EMPREGO CITRICULTURA

A citricultura continua sendo uma das principais culturas geradoras de empregos no País. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), de julho a setembro de 2020, período que marca o primeiro trimestre do ano safra 2020/2021, o setor gerou um total de 10.554 postos de trabalhos, respondendo por 8,89% do total de admissões feitas pela agricultura em todo o Brasil, que soma 118.716 vagas.

Manga, melão, melancia e uva responderam por mais de 85% do comércio em outubro
Foto: Divulgação

PLATAFORMA REGISTRO MÁQUINAS

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento lançou nesta semana a Plataforma Digital de Registro e Gestão de Tratores e Equipamentos Agrícolas. O programa vai permitir o registro oficial de tratores e equipamentos agrícolas, sem custo para o produtor rural.

A novidade vai permitir o trânsito de veículos em vias públicas, sem necessidade de licenciamento e emplacamento, além de facilitar a comercialização de tratores usados, o acesso ao crédito e as ações de segurança em relação a roubos e furtos.

De acordo com o Censo Agropecuário do IBGE de 2017, existem 1.229.907 tratores em 734.280 estabelecimentos agropecuários no Brasil.

NOVO HERBICIDA

O herbicida Kaivana 360 CS da Ourofino Agrociência chega ao mercado acompanhado do maturador hormonal Trix. As ferramentas são importantes para combater os problemas provocados pelas ervas daninhas e agem na maturação da plantação, antecipando o início da safra.

As ferramentas são importantes para combater os problemas provocados pelas ervas daninhas
Foto: Ourofino Agrociência

Gustavo Batista

Gustavo Batista é jornalista há 20 anos com pós-graduação em gestão de comunicação. Tem experiência em rádio, tv, assessoria de imprensa e meios digitais. Já atuou em canais de tv como TV Clube, TV Record e TV Thathi. Atua há 10 anos no setor de Agronegócio.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: