APLs de Ribeirão Preto são reconhecidos pelo Governo do Estado

Polo Cervejeiro, um dos grupos do Programa Empreender da ACIRP, foi novamente reconhecido como APL (Arranjo Produtivo Local) ao lado de outras três categorias.

Quatro Arranjos Produtivos Locais (APLs) de Ribeirão Preto nas áreas de cerveja artesanal, economia criativa, indústria de saúde e software e serviços foram reconhecidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) do estado de São Paulo.

Por definição do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Arranjos Produtivos Locais (APLs) são aglomerações de empresas com a mesma especialização produtiva e que se localizam em um mesmo espaço geográfico.

As empresas dos APLs mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si, contando também com apoio de instituições locais como governos, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa. Os APLs têm como objetivo ajudar no desenvolvimento da economia regional.

“É necessário o fortalecimento de micro e pequenas empresas, com foco no desenvolvimento da Região Metropolitana de Ribeirão Preto. Para isso, a ACIRP trabalha com núcleos setoriais e associativismo, integrando as cadeias de produção para seu melhor desempenho”, comenta o presidente da ACIRP, Dorival Balbino.

Foto: Divulgação

Para o gerente de Desenvolvimento do Supera Parque, Dalton Marques, o reconhecimento dos APLs mostra um fortalecimento das ações de estímulo ao desenvolvimento econômico na Região Metropolitana de Ribeirão Preto, a importância do trabalho em rede e da cooperação, não só entre empresas, mas também entre entidades.

Foto: Divulgação

Polo Cervejeiro

A ACIRP, juntamente com Supera Parque, Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e Polo Cervejeiro, abriga o APL de cervejas artesanais, que já havia sido reconhecido em 2018 e, na atualização e comprovação de atividades, foi novamente selecionado.

O Polo Cervejeiro trabalha a ‘marca coletiva’ buscando fortalecer a cadeia produtiva e tornar Ribeirão Preto conhecida como capital da cerveja artesanal. Fundado no dia 11 de novembro de 2015, reúne seis indústrias de Ribeirão Preto e uma de Sertãozinho.

O principal objetivo do grupo é promover a cultura cervejeira, despertando e disseminando o interesse pela apreciação de diferentes sabores e estilos, por sua história, seu processo de produção e sua relação com a diversão e a socialização para que mais pessoas se interessem pelo produto.

Foto: Divulgação

Além do grupo de cervejas, a ACIRP tem outros 13 grupos setoriais que integram o Programa Empreender, criado em 1991 para promover o desenvolvimento e fortalecimento de micro e pequenas empresa por meio do associativismo. A modalidade possibilita o acesso a mais recursos do que qualquer empresa ou profissional possui de forma isolada e impulsiona qualquer tipo de negócio.

Da Redação

A equipe Intertv Web traz para você as informações e notícias precisas que você precisa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: