Casa Libaneza promove a exposição ‘Folclore Brasileiro’ até o dia 30 de setembro

A Secretaria de Cultura de Cravinhos abriu espaço para a exposição que relembra diversas histórias e curiosidades.

O município de Cravinhos, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, promove até na quinta-feira (30/09), a exposição “Folclore Brasileiro”, com trabalhos da artista plástica Hafisa Bittar e convidados do Grupo ADDA.

Diferentemente do que pensa a maioria das pessoas folclore não é curiosidade, nem tão pouco, forma de expressão de gente sem instrução. Também não é privilégio de quem vive apenas no meio rural. Modernamente os especialistas no assunto reconhecem que folclore é expressão de cultura que abrange uma grande quantidade de manifestações, tanto no campo quanto nas cidades, sejam elas pequenas ou metrópoles.

Foto: Andreza Cordeiro

“Quero agradecer essa abertura que Cravinhos tem me proporcionado para mostrar um pouco de meu trabalho. Já pude expor ao quadros ‘Belezas Selvagens’, retratando uma das minhas maiores paixões que são os cavalos. E agora juntamente com maravilhosos artistas estamos podendo contar um pouco do Folclore Brasileiro”, explica a artista plástica, Hafisa Bittar, que é licenciada em Artes Plásticas pela UNAERP de Ribeirão Preto, e se especializou em História da Arte pela FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado), com ênfase em crítica de Arte.

Não podemos mais aceitar a ideia de que folclore é artesanato, ‘comidas típicas’, bumba-meu-boi.

“Levando em conta que precisamos esclarecer esses equívocos gostaríamos de citar outras manifestações culturais que fazem parte do folclore: brinquedos e brincadeiras; literatura folclórica, arte, medicina folclórica, vestimentas de festas, festas populares inclusive com características de religiosidade, comidas e bebidas e muitas outras expressões culturais”, comenta a diretora de Cultura e Turismo de Cravinhos, Maria Fernanda Molezini.

Com isso a Secretaria de Cultura de Cravinhos abriu espaço para a exposição que relembra diversas histórias e curiosidades. Cada artista pôde trabalhar a partir de sua concepção criativa sobre mitos e lendas do folclore brasileiro.

“Quero agradecer a participação novamente da artista Hafisa Bittar, como todos os outros convidados da ADDA, que abrilhantam essa exposição que retrata o folclore brasileiro e mostra suas técnicas”, afirma a secretária municipal de Cultura e Turismo, Andréa Gaspar.

Todos que quiserem visitar a exposição “Folclore Brasileiro”, gratuitamente, podem ir até a Casa Libaneza – Espaço Cultural de Cravinhos (Rua XV de Novembro, 259 – Centro), de 2ª a 6ª feira, das 8h30 às 12h e das 13h às 16h30. Todos os protocolos de saúde estão sendo seguidos, e se faz obrigatório o uso de máscara.

A Curadoria da exposição é da diretora de Cultura e Turismo, Maria Fernanda Molezini, e do artista plástico, Júlio Tunis. E tem pesquisa de Érika Alves Lima.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: