Projeto conta as histórias dos profissionais da saúde na linha de frente da pandemia

“Gente que cuida”, iniciativa do História do Dia, valoriza as trajetórias dos profissionais e semeia empatia; Instituto Ribeirão 2030 e Casa da Memória Italiana são apoiadores.

Em tempos de tanta incerteza e angústia, é preciso semear boas histórias! Pensando nisso, História do Dia lança o projeto “Gente que cuida – Histórias de quem salva vidas na pandemia”, contando as trajetórias de vida de profissionais da saúde de Ribeirão Preto e região que atuam na linha de frente da pandemia, contra a Covid-19.

O objetivo do projeto é promover a valorização desses profissionais, que arriscam suas vidas no enfrentamento da doença, além de disseminar empatia entre a população e levar inspiração ao incentivar a leitura de conteúdos positivos, tornando mais leve o período de isolamento social.

Alguns profissionais de saúde têm relatado casos de hostilização e preconceito: um contraponto. Pessoas que desempenham papel tão importante devem ser valorizadas. As histórias auxiliam nesse processo de valorização! Todo mundo tem uma história para contar. É o lema de História do Dia!

O projeto “Gente que cuida” teve início em junho, com a proposta de contar duas histórias inéditas por semana no site História do Dia (www.historiadodia.com.br). Ao final da série será produzido um e-book com o registro de todas as histórias, para ser compartilhado com os leitores e apoiadores.

Gente que cuida vai contar histórias de quem está na linha de frente da Epidemia
Foto: Divulgação

Os interessados em apoiar o projeto, por meio de patrocínio, podem entrar em contato com História do Dia. A união de forças é essencial neste momento! O Instituto Ribeirão 2030 e a Casa da Memória Italiana são apoiadores dessa iniciativa.

Sobre o projeto “História do Dia”

Todo mundo tem uma história para contar. E toda história tem sua importância. O projeto “História do Dia” nasce a partir desta certeza, em fevereiro de 2017. No portal www.historiadodia.com.br a jornalista Daniela Penha conta histórias de vida de todo tipo de gente. O acervo já soma mais quase 400 histórias publicadas e deu origem a dois livros de coletâneas, publicados em 2018 e 2019, lançados na Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto e também em outras cidades e estados.

Daniela Penha é autora dos livros “História do Dia I e II” e agora iniciou o projeto “Gente que cuida”
Foto: Divulgação

Sobre a autora

Daniela Penha nasceu em São José do Rio Preto, tem 30 anos e há sete escolheu Ribeirão Preto para viver. É jornalista, formada pela Unesp (Bauru) e nas redações dos jornais Bom Dia (Bauru), Diário da Região (São José do Rio Preto) e A Cidade (Ribeirão Preto), tendo atuado por sete anos na imprensa diária.

É autora dos livros “Memórias do Aimorés – Sete retratos da internação compulsória”, publicado pela Biblioteca Virtual de Saúde do Estado de São Paulo, “História do Dia – Um olhar sobre o cotidiano pela trajetória de 50 pessoas”, “História do Dia – Um novo olhar sobre o cotidiano pela trajetória de 50 pessoas” da editora Outras Palavras.

Atualmente, integra o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Alfabetização, Leitura e Letramento, na USP Ribeirão Preto.

Da Redação

A equipe Intertv Web traz para você as informações e notícias precisas que você precisa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: