Projeto Allegro de Dança se apresenta no Teatro Municipal de Ribeirão Preto

A coreografia do Projeto Allegro de Dança teve como tema “Meu corpo é poesia”, e foi uma das 39 apresentações do evento.

O município de Cravinhos tem realizado desde o ano de 2019, o Projeto “Allegro de Dança”, que tem em seu comando as professoras Erika Lima (dança moderna) e Janaína Caram (ballet clássico), sob a coordenação das Secretarias Municipais de Cultura e Educação, e o apoio da Prefeitura Municipal.

Prestes a completar seus três anos de trabalho, o projeto tem realizado apresentações anuais para mostrar o que os estudantes tem aprendido. Mas agora as alunas começaram a se apresentar na região, como ocorreu no domingo (01/05), no 2º Encontro de Jazz Dance, que aconteceu no Teatro Municipal de Ribeirão Preto. Além de Cravinhos aconteceram mais 38 apresentações, momento de troca de experiência entre cada uma das bailarinas e professoras que ali estavam.

Foto: Divulgação

“Essa Mostra de Jazz foi aberta a todos que quisessem participar, sendo que houve inscrição de 11 academias de Ribeirão Preto e 10 de cidades da região. Para as alunas de Cravinhos foi muito importante, porque elas tiveram a oportunidade de vivenciar a experiência da dança para um público diverso, além de aprender com a apresentação de outros grupos”, comenta a professora Érika Lima.

Ainda segundo a professora, a dança traz aspectos para a vida, uma vez que trabalha a timidez, o medo de lidar com o público, a insegurança e ansiedade de se apresentar.

A coreografia do Projeto Allegro de Dança teve como tema “Meu corpo é poesia”, com a participação das alunas Beatriz Mazzo, Isabela Medeiros, Manuela Medeiros, Maria Júlia Bionês e Gabrielly Beatriz. A coreografia foi idealizada pela professora Érika Lima, e no dia da apresentação teve o auxílio da professora Janaína Caram e da servidora municipal, Selma Calixto.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: