Cravinhos é sede de capacitação sanitária para controladores de javali

O evento aconteceu na terça-feira (28/09), no Centro de Lazer “Geraldo Ximenez”, e contou com a participação de aproximadamente 150 controladores de javali.

O município de Cravinhos foi uma das sedes do ciclo de “capacitação sanitária para os controladores de javali (Sus scrofa)” do estado de São Paulo. Esse treinamento é parte do componente cinco, “Sorologia em Suínos Asselvajados”, das ações do Plano Integrado de Vigilância de Doenças de Suínos, que tem como um dos objetivos fortalecer a capacidade de detecção precoce de doenças como a Peste Suína Clássica (PSC), Peste Suína Africana (PSA) e a Síndrome Respiratória Reprodutiva Suína (PRRS).

O evento aconteceu na terça-feira (28/09), no Centro de Lazer “Geraldo Ximenez”, e contou com a participação de aproximadamente 150 controladores de javali, de diversas partes do interior paulista entre eles: Cravinhos, Ribeirão Preto, Luiz Antônio, São Simão, Pirassununga, Campinas, entre outros.

Foto: Kennedy Oliveira

O evento foi organizado pela Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Cravinhos, Secretaria de Saúde e a equipe cravinhense “Problema”, chefiada por Gérson Carrascosa. A partir dessa capacitação, os controladores ficam aptos a realizar a coleta de material para auxiliar nessa vigilância, sendo parceiros importantes para garantir a sanidade da cadeia suína no estado de São Paulo.

Entre os temas bordados durante a capacitação estiveram: Implicações sanitárias da invasão da espécie e o risco de disseminação de doenças; Abordagem da invasão do javali no contexto da “Saúde Única”; Zoonoses transmitidas por manipulação e consumo de javalis; Doenças de notificação oficial internacional: riscos à pecuária e impactos econômicos; Reconhecimento de lesões e como proceder frente a suspeitas de síndromes hemorrágicas (Peste Suína Clássica e Peste Suína Africana) e Síndromes Vesiculares (ex. Febre Aftosa); Orientações para colheita e acondicionamento de mostras sangue/soro sanguíneo de javalis post mortem para vigilância oficial e monitoramento sorológico; e a Destinação de resíduos do abate para controle populacional de javalis (carcaças e vísceras).

O evento contou com a presença de veterinários e membros da Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo, chefiados pelo palestrante André Felício. Também se fizeram presentes o prefeito de Cravinhos, Itamar Bueno; a secretária de Saúde, Roberta Meneghetti; e o vereador Tiago Carrascosa.

Além de Cravinhos as capacitações ocorreram nas cidades de Avaré, Jaú, Paranapanema, Igaratá, Birigui, Paraíso, Jales, Rio Claro, Tatuí, Pedregulho, Jundiaí e Piracicaba.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: