Jeans Wear: Qual o ideal?

Indispensável em qualquer guarda-roupa feminino, o jeans, além de ser atemporal, é capaz de se adaptar a todos os estilos. O segredo está em encontrar o modelo certo!

Flare, skinny, reta, boyfriend, jegging… Opções não faltam! O que vale na hora da escolha é optar por aquele que mais respeite o formato do seu corpo. Valorizando assim o que temos de melhor, de forma confortável.

Este é um guia do jeans, com algumas dicas básicas para que possamos fazer a escolha certa!

SKINNY – Evidencia o quadril

Amada pelas brasileiras, o modelo justinho valoriza as curvas e é facilmente adaptável. Mulheres mais baixinhas, por exemplo, devem apenas evitar que este tipo de calça fique acumulado no tornozelo para impedir o achatamento e um mal acabamento. Por isso, fazer bainha é indispensável. Investir no saltão e na cintura alta também são ótimos truques para alongar a silhueta.

FLARE – Disfarça o quadril

O segundo modelo mais querido das brasileiras tem a cintura mais alta e boca ampla, estilo anos 70. Por isso, ela leva vantagem quando a ideia é neutralizar o quadril largo. Ela direciona o olhar para a barra, outra vantagem do modelo é a sua capacidade de alongar a silhueta. Portanto exige comprimento super longo e salto alto.

RETA – Afina a silhueta

A calça reta é uma peça-chave. Ela fica entre a skinny e a boyfriend. Por isso é prática! O shape reto permite que a proporção do quadril seja neutralizada com facilidade. Porém permite ser usada com sapatos baixos também, diferentemente do modelo Flare. Botas de cano curto e sandálias estilo Birkin são seus parceiros ideais.

JEGGING – Garante conforto e assume as curvas

É a tal da legging jeans, algumas tem o modelo muito semelhante a uma calça de ginástica mesmo, enquanto em outros modelos também são aplicados bolsos e passantes. Fica ótima com os tênis, saíram da academia e ganharam os looks do dia a dia, e é garantia de conforto.

BOYFRIEND –  Aumenta as proporções

O fundilho mais baixo deixa o caimento mais solto e despojado. Tanto para um visual sofisticado, quanto para um mais casual, ela é perfeita. Ou seja, pode ser arrematada com saltos finos, Birkin, sapatilha, flat. Só depende do estilo. Vale até pegar emprestado o jeans do namorado!

A lavagem certa

Assim como a modelagem, as lavagens também proporcionam efeitos distintos. As mais escuras – azuis e pretas – ajudam a “afinar” as coxas, tanto quanto o corte reto. São super neutras. Já as mais claras, cheias de puídos, dão volume à região, assim como as estampas.

Marcela Bianchi

Marcela Bianchi é formada em Moda e Estilismo pelo SENAC e Marketing pela UniSeb/Estácio. Trabalha como Visual Merchandising há cinco anos, sendo que atualmente atua na empresa Ateen e é freelancer em multimarcas. Mas já executou trabalhos para as lojas Espaço Fashion e TVZ.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: