Cravinhos imunizou, em dois dias, mais de 1.600 pessoas na faixa etária de 30 a 55 anos

Somente em dois dias de vacinação mais de 1.600 pessoas já foram imunizadas, na faixa etária de 30 a 55 anos.

O município de Cravinhos, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou nos dias 16 e 17 de julho, a vacinação de combate a Covid-19 em pessoas na faixa etária de 30 a 55 anos, sendo que a aplicação das doses foram feitas no Drive Thru da Saúde, e em duas Unidades de Saúde.

“Temos trabalhado com o lema de que a vacina tem que ir para o braço, e não para a geladeira. Por isso mesmo a cada grade de vacinas que recebemos tentamos aplicar o mais breve possível, inclusive com uma trabalho maravilhoso por parte de todos os profissionais de nossa área da Saúde, bem como da Seção de Trânsito que tem organizado a fila no Drive Thru, e claro a população que tem entendido que precisamos vacinar todos o mais breve possível”, comenta o prefeito de Cravinhos, Itamar Bueno.

Foto: Kennedy Oliveira

Somente em dois dias de vacinação mais de 1.600 pessoas já foram imunizadas, na faixa etária de 30 a 55 anos. Um novo lote da vacina chegou na sexta-feira (23/07) e a Secretaria de Saúde começou a vacinar pessoas com idade a partir de 29 anos.

“Nossa equipe de Saúde foi desafiada pelo prefeito para que pudesse ampliar o atendimento e ao mesmo tempo diminuísse a faixa etária. Então na sexta-feira (23/07), a vacinação foi das 8h à meia-noite, além de vacinar pessoas com 29 anos ou mais”, diz a secretária de Saúde de Cravinhos, Roberta Meneghetti.

E quem passou pelo Drive Thru ou nas Unidades de Saúde, além de se vacinar recebeu um brinde “Julhino”, com máscara e paçoquinha.

“Essa foi uma oportunidade para que todos pudessem se imunizar, assim beneficiando também as pessoas que por algum motivo não se vacinaram no período correto”, diz o vice-prefeito de Cravinhos, Márcio Barroso.

Os responsáveis por pessoas acamadas ou com difícil locomoção devem entrar em contato com a Unidade Básica de Saúde mais próxima da residência para agendar a vacinação em domicílio.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: