Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra a gripe até 31 de agosto

Na sexta-feira (24/07) seria o último dia da campanha de vacinação de combate à gripe, entretanto o Ministério da Saúde prorrogou o prazo até 31 de agosto.

A 22ª edição da campanha de combate à gripe terminaria na sexta-feira (24/07), mas o Ministério da Saúde decidiu por prorrogar até 31 de agosto, uma vez que a maioria dos municípios não conseguiu atingir a meta estabelecida pelo Ministério, que é de 90% de cobertura vacinal.

Continua valendo a determinação de que qualquer faixa etária pode se vacinar, uma vez que o objetivo é que a maior parte da população possa se proteger contra o vírus influenza, assim reduzindo o número de pacientes com sintomas respiratórios na rede de saúde.

“A vacina é segura, eficaz e protege contra as complicações da gripe, como pneumonias. Mesmo a vacina não prevenindo contra o COVID-19, a procura pelos Postos de Saúde foi bem grande, em especial pelos idosos (60 anos ou mais) e profissionais da Saúde”, comenta a enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Cravinhos, Gisleine Bosquim.

Embora a imunização não esteja mais restrita aos grupos prioritários, a Secretaria de Estado da Saúde faz um apelo especial para a importância de ampliar a cobertura vacinal entre crianças com idade de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas, pois os índices nestes públicos ainda são inferiores a 60%.

Foto: Divulgação

No município de Cravinhos, até na sexta-feira (24/07), o número da cobertura da campanha vacinal de combate à gripe chegou em 84,56%. O Ministério da Saúde determina a cobertura mínima de 90%.

“É muito importante que pessoas que se enquadram nestes grupos vulneráveis busquem a unidade de saúde mais próxima de sua residência para se proteger contra as complicações da gripe. E também quem ainda não se vacinou poderá fazer isso durante mais esses 30 dias”, aponta a diretora de Imunização da Secretaria estadual de Saúde, Nubia Araújo.

Em 2020, o Instituto Butantan entregou ao Brasil 75 milhões de doses da vacina, 10 milhões a mais em comparação a 2019. Neste ano, as doses são constituídas por três cepas de Influenza: A/Brisbane/02/2018 (H1N1)pdm09; A/South Austrália/34/2019 (H3N2); e B/Washington/02/2019 (linhagem B/Victoria).

Em Cravinhos quem quiser tomar a vacina de combate ao influenza pode procurar uma das 4 Unidades de Saúde, de 2ª a 6ª feira, das 7h30 às 16h, para ser vacinado. Todos devem levar a carteirinha de vacinação ou documento com foto.

Quadro de cobertura vacinal da campanha da gripe em Cravinhos

Idosos – 122,61%

Crianças – 52,88%

Trabalhador da Saúde – 153,51%

Adultos 50 a 59 anos – 20,57%

Gestantes – 54,81%

Puérperas – 56,86%

Cobertura Geral – 84,56%

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Cravinhos

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: