Sonho Estranho…

Essa noite tive um sonho estranho…

Sonhei que Ribeirão fora escolhida para ser abduzida.

Uma voz vinda de toda direção ia notificando isso à população.

Eu, numa agonia atroz, olhava pra todo lado procurando o dono daquela voz.

Mas era inútil minha agonia, o dono daquela voz não aparecia.

Aos poucos, portas e janelas eu via se fechando,

e a cidade num deserto se tornando.

De repente, um monóculo gigante, no céu apareceu,

e flutuando sobre a casa que estava à minha frente,

do seu interior, abduziu toda gente.

Eu, apavorada, fiquei ali, petrificada.

De repente, tal como surgiu, o monóculo no céu sumiu.

A cidade, agora fantasma, foi então invadida por pequenas flautas brancas, que, numa tremenda velocidade, iam esquadrinhando toda cidade.

Uma delas veio em minha direção, provocando em minha mente grande confusão.

Naquele momento uma voz suave, saiu de seu interior e assim me falou: – Fique calma… não lhe acontecerá nada,

você será poupada.

A cidade inteira foi abduzida, mas você não será atingida.

E, diante do espanto meu, do jeito que surgiu desapareceu.

Acordei transpirando, depois desse sonho estranho.

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: