Orientações nutricionais para pacientes em Quimioterapia

Os efeitos colaterais mais comuns são: perda de apetite, náuseas, boca seca e diarreia, sendo fatores que influenciam diretamente nos hábitos alimentares e na saúde do organismo.

O tratamento medicamentoso que atua em células tumorais com o objetivo de destrui-las ou impedir o seu crescimento é denominado Quimioterapia. Os problemas que grande parte dos pacientes que necessitam passar por esse tratamento enfrentam são decorrentes que nesse processo a medicação afeta não apenas as células doentes, mas as saudáveis também, provocando efeitos colaterais desagradáveis que prejudicam o bem-estar do paciente.

Os efeitos colaterais mais comuns são: perda de apetite, náuseas, boca seca e diarreia, sendo fatores que influenciam diretamente nos hábitos alimentares e na saúde do organismo. Nesses casos a elaboração de um plano alimentar que atenda as necessidades do paciente é essencial, sendo que a boa alimentação deve ser meta não apenas da pessoa que está tratamento, mas de toda a família.

Foto: Instituto do Câncer

A hidratação é um fator importante para o paciente, que deverá consumir no mínimo de 1,5 a litros de água por dia para auxiliar na eliminação da parte tóxica dos medicamentos.

Algumas orientações podem ser seguidas para amenizar os sintomas de enjoo e náuseas e feridas na boca:

– evitar frituras;

– ter sempre um prato colorido e apetitoso;

– prefira vegetais cozidos;

– fazer várias refeições ao dia, em pequenas quantidades;

– evite líquidos durante as grandes refeições;

– comer devagar e mastigar muito bem os alimentos;

– evite cheiros fortes como de alimentos condimentados, excesso de ervas e frituras;

– evite deitar logo após as refeições;

– evite o consumo de alimentos duros e secos (torradas por exemplo);

– prefira alimentos em temperatura ambiente (evite os quentes ou frios demais);

– opte pelo consumo de alimentos macios e pastosos;

– reduza o consumo de sal;

– não ir de jejum a quimioterapia. Uma refeição leve é sempre indicada;

– evite o consumo de molhos gordurosos (como os à base de creme de leite);

– evite café, chá mate, preto, chocolate e coca, principalmente se tiver diarreia

Renata Dessordi

Renata Dessordi é nutricionista formada pela Universidade de Ribeirão Preto, especialista em Nutrição Clínica e Esportiva. Mestra em Alimentos e Nutrição pela Unesp. Doutoranda em Alimentos e Nutrição pela USP/Unesp. Auriculoterapeuta Francesa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: