Lançamento do livro histórico do Fundo Social de Cravinhos acontece em grande estilo

O evento de lançamento do livro histórico aconteceu na quarta-feira (30/12), no saguão do terminal rodoviário “João Hygino Berbel”, onde também está localizada a sede do Fundo Social de Solidariedade de Cravinhos.

O Fundo Social de Solidariedade surgiu em 1983, até aqui são 37 anos de muita história, conquistas, aprendizagem e, principalmente, auxílio as famílias carentes de Cravinhos. Por isso mesmo em 2020 surgiu a ideia de fazer um livro histórico da instituição para poder demonstrar a evolução e como cada uma das pessoas que por ali passaram deixaram um pouco de si nesse importante capítulo do município cravinhense.

“A primeira-dama Andréa Gaspar me procurou no início de 2020 pedindo para que pudéssemos escrever um livro histórico do Fundo Social de Cravinhos. Foram meses de pesquisa, conversa com ex-funcionários e ex-primeiras-damas para podermos ter esse material final, que ficou bem interessante e informativo para as próximas gerações”, comenta o jornalista e responsável pela criação do Livro Histórico do Fundo Social de Solidariedade, Kennedy Oliveira.

A então primeira-dama, Andréa Gaspar e o autor do livro histórico do Fundo Social de Cravinhos, o jornalista Kennedy Oliveira
Foto: Lucimara Souza

O evento de lançamento do livro histórico aconteceu na quarta-feira (30/12), no saguão do terminal rodoviário “João Hygino Berbel”, onde também está localizada a sede do Fundo Social de Solidariedade de Cravinhos.

“A ideia era deixar alguma coisa para as novas gerações, porque o Fundo Social de Solidariedade de Cravinhos tem muita história, mas nunca havia sido contada em um só lugar. O resultado foi muito bom e tenho certeza que novas edições precisarão ser feitas, porque a procura logo no lançamento foi bem grande”, diz a então primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Cravinhos, Andréa Gaspar, que esteve à frente da instituição por 16 anos.

Público se fez presente durante lançamento do livro do Fundo Social de Solidariedade de Cravinhos e apresentação de exposição
Foto: Lucimara Souza

O evento contou com a presença de ex-primeiras-damas ou seus familiares, presidentes do Fundo Social e a atual equipe do órgão cravinhense.

“Parabéns a todos que fizeram esse livro se tornar realidade, tenho certeza que é um legado deixado para que as novas primeiras-damas possam escrever novos capítulos”, ressalta o então prefeito, José Carlos Carrascosa dos Santos.

Primeiras-damas e presidentes do Fundo Social de Cravinhos
Foto: Lucimara Souza

O livro foi oferecido, de forma gratuita, as ex-primeiras-damas e ex-presidentes do Fundo Social de Solidariedade de Cravinhos. O mesmo foi escrito por Kennedy Oliveira, com diagramação final de Leandro Cavalcanti, coordenação de Andréa Gaspar e apoio cultura da empresa Ourofino.

Vale salientar que na ocasião também foi inaugurada a Galeria de Primeiras-damas e Presidentes do Fundo Social de Solidariedade de Cravinhos, que ficará de forma fixa no prédio do órgão.

Quadros são expostos durante o lançamento

O evento também ficou marcado pela exposição itinerante “Um olhar para Cravinhos”, que reuniu os artistas cravinhenses Cristina Ravagnani, Ivan Ginatto, Júlio Túnis, Leila Costa Quaglio, Tony Hajime Watanabe e Tony Soares. O objetivo foi retratar pontos da história de Cravinhos, através de técnicas em madeira de demolição. Todos os artistas puderam contar um pouco, porque escolheram as obras retratadas, e as mesmas ficarão expostas no saguão do terminal rodoviário, podendo ser visitadas gratuitamente.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: