“Eu choro de emoção toda vez que conto essa estória”

No trabalho com a minha sexualidade que entendi a real potência que existe em mim e minha capacidade de criar mudanças na minha vida em níveis muito profundos.

Quero te contar um pouco sobre a grande mudança que aconteceu comigo depois que comecei a me conectar mais profundamente com o meu corpo e prazer.

Sabe, se você já me conhece há alguns anos, vai saber que eu nunca fui das mais tímidas ou conformadas. O signo é peixes, ascendente em leão e lua em gêmeos, para quem gosta de astrologia.

Sempre tive uma facilidade enorme em me comunicar com as pessoas, fazer amizades e liderar. Fui oradora de turma na formatura do fundamental (8ª série, na minha época). Participei da comissão da formatura do ensino médio. Tive um programa sobre democracia racial em uma rádio comunitária. Me tornei Supervisora de Comércio Internacional na empresa onde trabalhava. Viajei sozinha para os destinos mais distantes à negócio e também a lazer. Ásia, África, América Latina, Europa, EUA e muitos cantos do Brasil.

Dá pra ver que tinha um nível de segurança em mim para fazer todas essas coisas, né? Sempre fui destemida, no mínimo. Mas tinha um aspecto da vida que não condizia com nada disso.

Na maior parte da minha vida adulta, eu me meti em relacionamentos que não tinham nada a ver com essa Marina toda mulherão que descrevi acima. Namorei homens SUPER machistas e castradores. Tive rolo com caras que não tinham quase nada para trocar dentro da relação e fui sugada. Vi o meu poder ir definhando e escorrendo ralo abaixo. Um horror! Relacionamento abusivo se tornou a minha rotina.

Foto: Divulgação

Fui enganada das mais diversas formas, traída inúmeras vezes, feita de boba, perdi dinheiro, perdi amor próprio, feri a minha dignidade. Foi feio, gente! Muito feio!

E eu não entendia o que acontecia. Saia de uma relação aos prantos para entrar na próxima com um cara totalmente parecido com o anterior. Parecia um vício, sabe?

Uma grande amiga um dia até me falou, quando eu estava contando de um novo paquera: “Mas de novo?! Pelo jeito não será a última vez que vou te ver sofrer, né?!”. E aquilo me magoou muito, pois na minha ilusão achei que ESSE sim seria diferente. ESSE sim, seria um cara que saberia ser meu parceiro, de igual pra igual, com honestidade e amor.

Não foi. Mas não foi mesmo! Na verdade, ele foi bem sádico e o nosso término foi bem feio.

Tão feio que me fez parar. Fiquei algumas semanas recolhida, remoendo internamente o que era que estava me levando a me contentar com quem tem tão pouco para dar? E veja, eu não digo dinheiro, não. Estou falando de troca real entre duas pessoas adultas. Conversas interessantes, valores de vida semelhantes, objetivos de relacionamento complementares. E um nível de maturidade intelectual e emocional que possa apoiar os desafios que qualquer relação nos apresenta.

A resposta veio em uma sessão de terapia: MERECIMENTO.

Foto: Divulgação

Tinha uma parte de mim que não se sentia merecedora de um amor de verdade. Eu não me achava digna de um parceiro que realmente pudesse caminhar lado a lado, me instigando a ser a minha melhor versão, me apoiando nas minhas próprias dificuldades, me amando e honrando da mesma forma que eu amo e honro o outro. Foi uma constatação bem difícil de engolir, viu. Mas fez todo o sentido pra mim.

Racionalmente eu tinha clareza disso tudo, sabia exatamente o que eu queria, mas na hora H eu caia nas mesmas armadilhas.

E como foi que eu encontrei o meu senso de merecimento? A resposta estava armazenada no meu corpo!

Muito real! Foi com o mergulho que dei na minha sexualidade e prazer que eu naturalmente ergui barreiras para me afastar de pessoas que não tinham mais que fazer parte da minha vida. E não foi só no romance, isso também tem a ver com carreira, amizades etc… mas isso é assunto pra outro dia.

Com os Ovos Yoni de Jade e as maravilhosas práticas de cultivo de energia sexual e prazer estendido que eu entendi que meu corpo é divino e deve ser tratado com profundo respeito e amorosidade. 

Foto: Divulgação

Foi no prazer que eu me senti realmente merecedora e incorporei um novo nível de amor e respeito por mim mesma. O prazer me libertou!

Rapidamente comecei a me relacionar com caras bem mais interessantes e que tinham muito mais para trocar comigo. Não deu certo com alguns deles, mas o respeito e carinho nunca se perderam. Aliás, eu nutro profunda gratidão por eles. E deu certo com um, que hoje é meu marido. O David é o grande amor da minha vida, sem dúvidas!

Veja, algumas pessoas falam muito sobre mudar a nossa vibração energética e atrair gente na mesma sintonia. Pode ser isso, mas pode ser também aprender a honrar e respeitar tudo o que somos em um nível que engloba a nossa Sexualidade enquanto Corpo, Emoção, Linguagem e Espiritualidade. Ambas as alternativas me satisfazem.

Agora, como é que promovemos mudanças em áreas tão complexas como os relacionamentos (amorosos, profissionais, familiares), se não integramos o nosso corpo no processo? Como é que percebemos a potência incrível que somos, se continuamos a deixar a nossa sexualidade de lado, na mão do outro, ou sufocada por condicionamentos culturais?

Fica tudo meio pelas metades, concorda?

E é isso que me emociona! Saber que esse nosso corpo tem um zilhão de respostas para as mais diversas inquietudes que vivemos. Basta ter coragem e disposição para encarar tudo isso.

Foto: Divulgação

O caminho integra a nossa luz e sombra com o mesmo amor e dedicação. Nos mostra o que nos faz bem e o que não faz. Ensina a ouvir a sabedoria que habita cada parte do nosso corpo e mente.

Isso é potência! Isso é liberdade! Isso é o empoderamento incorporado que transforma e nos leva a viver com autenticidade.

Como essas palavras te tocam? Eu amo ouvir os relatos de cada mulher que está tentando entender e ressignificar a própria relação com o corpo, prazer e poder pessoal. Me conta o que surge pra você? Meu e-mail: marina@marinanabao.com

Grande beijo,

Marina

Marina Nabão

Marina Nabão ensina mulheres a se reconectarem com seus corpos, prazer e sexualidade para viverem seus desejos e sonhos com Empoderamento, Autoconfiança e Liberdade. Ela é Coach de Sexualidade e Empoderamento Feminino, certificada no Brasil e EUA. Também é pedagoga, com MBA em Negócios Internacionais. Saiba mais em: www.marinanabao.com

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: